Jantar no DARK TABLE em Vancouver foi a experiência mais louca que já vivi em termos gastronômicos!

O jantar acontece completamente no escuro. Mil ideias permearam minha mente antes de ir e confesso que até pensei em desisti depois que reservei. Sabe aquele medo de não ver o que você está comendo??! Eu tive até o último minuto, mas venci minha desconfiança e me joguei literalmente de olhos fechados nessa experiência. Não me arrependi!

Jurava que óculos escuros tampariam minha visão logo após sentar a mesa, porém a experiência é bem mais completa do que imaginei. Vou relatar para vocês como tudo acontece.

dark-table-onde-comer-canada-restaurantes-vancouver-dicas-vancouver-roteiro-canada-menu-viagem-blog-viagem-luciana-jardim-rio-de-janeiro (1)

Antes de entrar no restaurante, onde não é possível enxergar nada e é proibido qualquer luminosidade como celular ou câmeras, você escolhe o prato principal. A entrada e sobremesa são surpresa!

dark-table-onde-comer-canada-restaurantes-vancouver-dicas-vancouver-roteiro-canada-menu-viagem-blog-viagem-luciana-jardim-rio-de-janeiro (3)
Depois de definir os pratos, entramos em uma ante sala e nesse momento não se enxerga mais nada. Outra porta se abre para um grande bloco escuro (o restaurante), o garçom nos guia até a mesa (nesse momento agarramos o garçom com toda força pois não há um feixe de luz, o restaurante é completamente escuro), nos mostra com as mãos onde está o copo, prato, talheres e inicia o serviço perguntando o que gostaríamos de beber…

Escuro total! Os olhos abrem e fecham repetidamente na tentativa de enxergar alguma coisa. Dá vontade de acender o celular para ver as pessoas a volta, como é o lugar. Que curiosidade! A partir daí começamos a despertar os outros sentidos e tentar entender o que acontece nas mesas próximas, imaginar a decoração preta do lugar, o visual da comida, apalpamos a mesa e cadeira e a mente começa a fervilhar.   Sensacional!dark-table-onde-comer-canada-restaurantes-vancouver-dicas-vancouver-roteiro-canada-menu-viagem-blog-viagem-luciana-jardim-rio-de-janeiro (2)Todos os garçom são deficientes visuais!   dark-table-onde-comer-canada-restaurantes-vancouver-dicas-vancouver-roteiro-canada-menu-viagem-blog-viagem-luciana-jardim-rio-de-janeiro (4)

O primeiro prato surpresa foi uma salada com cogumelos. Para o prato principal escolhi frango recheado com queijo e tâmaras. Muito gostoso! Para facilitar a proteína já vem cortada.

A sobremesa foi um tiramisú.

A comida é bem gostosa, mas acho que o ponto forte é a realmente a experiência. Por mais que você coma com uma venda nos olhos em algum lugar para similar essa situação, não terá a magia de ser um restaurante completamente blindado.

Quem vier a Vancouver não deixe viver essa experiência.

O Dark Table tem unidades em Londres, Paris, Nova Iorque, Los Angeles e Montreal.

www.darktable.ca