Dica de local é levada a sério! Foi assim que chegamos no incrível restaurante Jungbluth completamente fora da rota turística de Berlim, mas que vale a pena desviar um pouco o caminho e ir de metrô até lá. Anote já esse restaurante na sua lista de onde comer em Berlim.

Uma casa pequena abrigava os clientes. O clima estava tão intimista que não ousei interromper o momento de ninguém com um flash para registrar o ambiente gracioso.

O menu da casa é todo em alemã, mas super fácil de entender pela similaridade de alguns alimentos e com a explicação da garçonete que nos atendeu extremamente bem.

onde-comer-berlin-restaurante-roteiro-berlin-blog-viagem-menu-viagem (1)Optamos pelo menu do chef  por €34 harmonizado (mais €8).

Tudo começou com esses pãezinhos quentinhos, quatro tipos de pastinha e uma espumante delicioso.

Eu não anotei o nome dessa querida que nos atendeu. Super gentil, competente e simpática. Obrigada pela atenção e paciência com tantas fotos. onde-comer-berlin-restaurante-roteiro-berlin-blog-viagem-menu-viagem (3)O welcome do chef foi um mini bolw com arroz negro, abacate, peixe e espuma. Eu jantaria esse prato todos os dias!onde-comer-berlin-restaurante-roteiro-berlin-blog-viagem-menu-viagem (4)Para acompanhar o bacalhau, um alemão Pfalz maravilhoso. Meu preferido da noite!onde-comer-berlin-restaurante-roteiro-berlin-blog-viagem-menu-viagem (5)O bacalhau com melancia surpreendentemente perfeito foi a primeira entrada do menu. Daqueles pratos que você nunca imagina que vai comer um dia!onde-comer-berlin-restaurante-roteiro-berlin-blog-viagem-menu-viagem (6)A segunda entrada também foi surreal. Um consumê de tomate inexplicável! Tomei super devagar porque não queria que chegasse ao fim. No finalzinho até virei discretamente o prato para não sobrar nada. Minha mãe reprovaria tal atitude, mas era impossível não comer tudo até o final.onde-comer-berlin-restaurante-roteiro-berlin-blog-viagem-menu-viagem (8)O prato principal foi um clássico e muito bem executado purê de cenoura com vegetais e carne lentamente assada. Com uma maciez e tempero acima da média. Bom demais!onde-comer-berlin-restaurante-roteiro-berlin-blog-viagem-menu-viagem (7)O acompanhante da carne.onde-comer-berlin-restaurante-roteiro-berlin-blog-viagem-menu-viagem (9)Finalizamos com uma sobremesa com caramelo, mousse, sorvete de iogurte cheia de sabor e texturas. Doce no ponto (nada enjoativa) e à altura dos outros pratos!onde-comer-berlin-restaurante-roteiro-berlin-blog-viagem-menu-viagem (10)Vinho do porto e a conta, por favor.onde-comer-berlin-restaurante-roteiro-berlin-blog-viagem-menu-viagem (11)Pode anotar esse restaurante na sua lista de onde comer (bem) em Berlim.

O custo-benefício é muito bom,  além da cozinha autoral e criativa.

Saí de lá apaixonada!!!

Jungbluth – Berlin

Lepsiusstraße 63, 12163

www.jungbluth-restaurant.de