Quem me acompanha no instagram (segue lá: @the.health.is.on.the.table) já viu que estou curtindo uma viagem deliciosa pela Europa. A trip começou pela Suíça e terminará na Itália. Na Itália, começamos por Veneza. E por ela que começarei meus relatos gastronômicos da viagem. Afinal, tem país mais de comida mais farta e gostosa que esse!?!?
Hoje minha dica é sobre o delicioso restaurante Vecio Fritolin. Um restaurante pequeno com comida de gente grande. A ideia do chef é utilizar produtos locais de boa qualidade de produtores locais e interferir o mínimo possível na comida para que o próprio alimento seja a estrela do prato. Não vou esperar terminar o post. Já posso dizer que o chef conseguiu exatamente o que queria. Uma comida simples, mas saborosíssima. O cardápio é recheado com tantas opções bacanas que ficamos perdidos. Queríamos experimentar tudo rsss. Foi quando o garçom iluminado nos sugeriu escolher 3 entradas e fazer pequenas porções ao invés do tamanho real de cada uma. Amei a ideia! Apenas a salada veio em tamanho normal.
Vou parar de escrever e mostrar as delicias italianas.
Na Itália, o serviço começa com pão. No Vecio Fritolin o pão é feito na casa. Como eu já comeria muito (hahaha), nem provei o pão. Mas Rodrigo experimentou e disse que estava corretíssimo, com destaque para a pizza branca mais grossa que o padrão, mas segundo ele, super power crocante!
De boas vindas o chef enviou um creme de abobrinha super saboroso e cremoso com camarão. Bom demais! Preciso urgente testar essa combinação leve e gostosa em casa nesse inverno!
Nossa primeira escolha foi uma salada com ervas locais (Venice Lagoon island`s mixed salad). Os temperos tiraram a salada básica do lugar comum. Toques de endro, tomilho e orégano deram aquele tchan todo especial e as flores comestíveis nos fazem comer a salada com os olhos. Sua linda! Os vegetais servidos no restaurante são das Ilhas S. Erasmo e Le Vignole.

 

Agora: as mini porções. Portanto, não se prenda ao tamanho. Eles foram reduzidos especialmente para mim! Mesmo sendo mini porções não comi todo o prato. Acredite, o mini na Itália é muito!
Mousse de peixe (stockfish) com polenta branca. Destaque para o mousse D-I-V-I-N-O e para a cremosidade da polenta branca.
Sardinha marinada com polenta branca. Se eu que não sou muito fã de sardinha gostei, quem curte vai amar esse prato. A cebola estava docinha e o pinoli completou com um croc croc bom demais!
O segundo aperitivo (sim, essas duas entradinhas acima são parte de um mesmo prato no cardápio) foram os tacos de Veneza (Venetian tacos to eat with your hands) feitos com chicória roxa (toda linda) crocante e não amarga com recheio de ceviche de sea bass muito bem temperado. Eu que não gosto de peixe cru amei de paixão essa entrada. Quantidade super baixa de carboidrato, bom teor de proteínas, fibras e super antioxidantes da chicória roxa. PERFEITO gastro e nutricionalmente.
Se é para comer com as mãos…
Já estava satisfeita e pedimos apenas um prato principal para compartilhar (bem, na verdade dividimos os outros também rss). Eles já trouxeram os pratos já divididos, portanto, a quantidade real é o dobro da foto. Lula, da ilha de Veneza, na sua tinta com creme de ervilha fresca e tomate assado com orégano fresco. Acertaram na arte de fazer uma lula não borrachuda, super correta e tomate assado perfeito!!! Sabor e acidez no ponto! Delícia total! 

Rodrigo quis experimentar uma torta de limão e eu tirei uma lasquinha. Era um bolo de limão bem úmido com lascas e um creme de limão siciliano que se debruçava sobre a massa. Nossa, um azedinho muito muito bom!

Somente no final do jantar, quando o restaurante esvaziou um pouco consegui tirar foto de um cantinho do restaurante.
Assim fechamos nossa primeira aventura gastronômica deliciosa em Veneza. Provei e super aprovei o Vecio Fritolin.
O Vecio Fritolin fica na Calle Regina, 30135. Telefone: +39 041 522281
Site: veciofritolin.it
Restaurante Vecio Fritolin – Veneza – Itália