Coladinho na Praça San Marco (300m), nos becos estreitos da charmosa Veneza encontrei uma verdadeira pérola, o Bistrot de Venise. Que restaurante! Decoração totalmente veneziana em cores vermelhas num estilo chic que agrada aos olhos. Como o restaurante estava lotado, não tirei foto do ambiente, mas consegui essa foto da internet para vcs entrarem no local comigo.
A cesta de pão veio cheirosa e saindo fumaça. Não costumo comer o pão de entrada para não consumir minha cota de carboidrato e ter um pouco mais de liberdade para dividir uma sobremesa hehehehe, mas como sou louca por focaccia (ainda mais quentinha) comi um quadradinho bem lentamente desejando que não acabasse rsss. É raro eu comer pão, mas quando como peço sempre azeite para acompanhar.  A combinação de pão com azeite é super interessante para retardar a absorção do carboidrato do pão (reduzir o índice glicêmico). Portanto, fica a dica! Quando eventualmente comer o pão de entrada, coma em pequenas porções (sim, é preciso ser forte) e molhe no azeite (sem exageros, claro). Estratégia sempre!
Por sinal, o azeite era delicioso. Perfumado e denso!
O welcome do chef foi um patê de camarão com tomate e uma torradinha finíssima apenas para acompanhar. Que delícia!
De entrada pedi uma sopa de alcachofra com uvas brancas, queijo fresco e pistache (€ 18). Sensacional! Umas das melhores sopa da vida. Comeria essa sopa em todas as noites frias para o resto da vida…

Rodrigo, macho, escolheu aspargos com escalope sauté e ovo (€ 22). Claro que experimentei e estava divino! Amo a combinação de ovo com aspargos e o escalope deu uma proteinada bem gostosa e interessante no prato. Curti!

Em seguida, peixe branco (Turbot) com uma pastinha de berinjela, tomate, essência de parmesão e manjericão (€ 28). Sou uma apaixonada por peixe, mas peixe bem feito e esse estava perfeito! Macio e grelhado mas não ressecado. O creme de berinjela com todos os outros ingredientes conseguiu fazer um mix de sabores e textura super especial. Perfeito!!!

Rodrigo, não ousou e foi no medalhão com batata e escarola. Segundo ele, a carne estava macia como manda o figurino e a batata excepcional. Não provei! Mas pelo cheiro no dia, pelas caras feitas na hora de comer e pela foto consigo acreditar sem duvidar.

A pré sobremesa foi uma mini panacota de chocolate branco. Tipo um bombom com casquinha de chocolate branco e a panacota cremosa por dentro. Apesar de termos pedido apenas uma sobremesa para compartilhar serviram uma miniatura grande no sabor para cada um. Achei fino!
A sobremesa (quase nunca presente no dia a dia – nem no final de semana, mas frequente em viagens) é compartilhada. Pedimos uma das nossas preferidas. Mil folhas super crocante com creme aveludado e frutas vermelhas (€ 14). Deixou um gostinho de quero mais. Demais de bom!!!!
Assim encerramos mais uma noite saborosa em Veneza. 
Super indico o restaurante pelo serviço excelente e comida incrível. Amei tudo! Fui e voltaria sim, com certeza!
Bistrot de Venise: www.bistrotdevenise.com
Bistrot de Venise – Veneza – Itália