Nos arredores de Veneza está Burano. Uma pequena ilha de pescadores super charmosa localizada a 7km de Veneza e marcada por suas casas coloridas. Para chegar basta ir de vaporeto (8 dinheiros  a passagem) ou táxi aquático (valor a combinar) de Veneza a Burano. O trajeto dura cerca de 45 minutos de barco público e um pouco mais rápido de barco privado. Também é possível (e viável) fazer a dobradinha Burano e Murano no mesmo dia. Eu deixei para ir à Murano no dia seguinte, pois o hotel tinha translado com barco exclusivo para Murano. Muita gente se pergunta se vale a pena “perder” metade de um dia em Veneza. Sim, vale muito a pena sair da tumultuada Veneza para a silenciosa Burano e curtir todo esse charme não somente das casas coloridas, mas das roupas penduradas no varal, dos brinquedos na porta das casas, vasos de flores nas casas com as janelas abertas e toda essa simplicidade de uma ilha pequena.
Chegamos em Burano antes do almoço, demos uma volta na cidade e paramos para almoçar no delicioso Riva Rosa. O restaurante Riva Rosa fica de frente para o canal (ele aparece na foto acima, uma casa rosa fofa à esquerda com uma janela no segundo andar) com essa visual do canal e das casinhas características de Burano. Top!
Enquanto escolhíamos nosso menu chegou a cesta de pão e um drink de champanhe com suco de morango de verdade. Abri mão do pão e me deliciei no drink docinho e super gelado. Só meia taça pode rsss!
De entrada pedimos uma degustação completa com os frutos do mar dos dias e pah!!!! Chegou um prato GIGANTE de frutos do mar, praticamente o oceano foi servido nessa entradINHA! Eu simplesmente AMEI! Tudo bem temperado e no ponto.
Olha a vista da nossa mesa no segundo andar do restaurante. Demais, não é?!?!
Como a entrada foi em tamanho italiano, resolvemos dividir o prato principal e a sobremesa. Deixei o Rodrigo escolher, porque eu só ia beliscar. Afinal eu já estava satisfeita com os maravilhosos frutos do mar do antepasto. Ro foi de filé de peixe branco ao forno com tomatinho, batata e abobrinha. Bem na verdade eu comi a abobrinha, ele as batatas e dividimos o peixe. Gostoso como tem que ser!
Como só havia comido a proteína (frutos do mar) e a abobrinha, dividi na boa a sobremesa com o esposo. Acatando a sugestão do garçom escolhemos a torta quente de chocolate com coração quente. Nosso conhecido petit gateau com meio molinho daqueles que quando abrimos sai fumaça e escorre aquela calda quente grossa divina de chocolate. Huuummmm!

Taí uma ótima desculpa para sair de Veneza. Lugar lindo com comida incrível!!!

Site: www.rivarosa.it

Riva Rosa restaurante – Burano – Veneza – Itália