A Toscana é um daqueles lugares que nossa imaginação não consegue alcançar tamanha beleza. Cada estrada e paisagem de tirar o fôlego. Para mim, o segundo lugar mais charmoso da Itália (em primeiro lugar está minha amada Costa Amalfitana). Existem mil roteiros para fazer na Toscana e todos eles são incríveis. A única regra é: saborei a Toscana com calma. Como tinha apenas 5 dias para conhecer a região preferi fazer minha base em Florença e de lá conhecer as cidades mais famosas.
Saturada do trânsito do Rio, preferi não alugar carro. As cidades que visitei além de Firenze, foram Siena e Pisa. Para essas duas é super tranquilo usar o transporte público. Mas, se a ideia for explorar o interior, curtir os campos de girassóis ou cidadezinhas como Lucca e San Gimignano alugar um carro torna-se obrigatório para circular em cada cantinho.
Apesar de escolher Florença como base queria um hotel com cenário de campo e fora loucura da cidade, mas que não fosse tão longe assim… Afinal, estava sem carro! Depois de muita pesquisa encontrei o Hotel Villa Tolomei que cumpriu exatamente meus anseios. Longe do burburinho, mas perto da cidade (o hotel fica a 3km da estação central de Florença – o táxi ficava barato). Para completar o hotel fica no alto e com Florença todinha aos pés. Demais!
A chegado do hotel parece cenário de filme. Incrível!
Casa principal do hotel

Florença aos nossos pés!!!

Quartos espaçosos e super confortáveis com cama muito gostosa, bons lençóis, toalhas macias, mesa para trabalho, janelas anti ruído, armário grande, banheiro novo e vista linda para a villa.

Outro ponto positivo é a academia do hotel. Pequena, mas bem equipada com tudo que é necessário para queimar todas as calorias extras da Toscana. É uma enxurrada de delícias, pode acreditar. 
Eu na queima da Toscana! Em viagens longas, sempre me programo de fazer exercício. Em geral, faço 30 a 40 minutos de musculação ou/e aeróbio antes do café da manhã, mas não há regra. Pode parecer pouco tempo, mas manter uma frequência de exercício acelera nosso metabolismo. Com o metabolismo mais rápido fica mais fácil para o corpo transformar parte dos extras da viagem (alô sorvete italiano ultra cremoso, massa trufada, pizzas e todas as delícias desse mundo) em energia e não em gordura corporal.

O lugar que mais curti no hotel foi a varanda do restaurante. Era delicioso sentar ali depois do café da manhã ou no final da tarde para jogar conversa fora e contemplar esse por do sol maravilhoso.

Para mim essa foto traduz exatamente a magia da Toscana.

Além de lindo, o hotel tem um serviço excelente. Funcionários atenciosos e solícitos nos ajudaram com aqueles bizus espertos de quem mora na cidade. Amei!

Villa Tolomei: www.villatolomeihotel.it

Villa Tolomei Hotel & Resort – Firenze – Itália