Hoje vou mostrar para vocês como funciona o sistema all inclusive do safari no Kapama Private Game Reserve, Kruger Park. É um sistema de engorda hahahaha. São 5 refeições por dia com bastante comida, mas claro sempre tem opções saudáveis. Não registrei tudo, mas tentarei ser mais detalhista possível para vocês entenderem direitinho o esquema de alimentação do hotel.
O primeiro game drive (a caça dos bichos) começa às 6h da manhã! Para ser rápido, às 5:30h é serviço um chá, sucos e água com biscoitos, bolos e frutas para ninguém sair em jejum. Eu não sabia que só teria carboidrato (rss), mas como sempre ando prevenida comia uma barrinha de proteína Questbar e um chá para não ficar comendo farinha (super bem elogiados por quem comia rss) o tempo todo. Para quem não tem hábito de levar comidinha para as viagens tem a opção de comer uma fruta e tomar um chá antes de sair. Tem opções bem saudáveis! É questão de escolha e estilo de vida.
Alguns dos animais vistos durante o game. É muita emoção ver os animais soltos tão pertinho de nós! Uma sensação inexplicável de boa!
Leopardo: o mais lindo de todos!

 Oi!?!

Cheeta

 Own! Fofuras!

No final do game às 9h: A fome kkk. Quando chegávamos no hotel éramos bem recebidos com bebidas geladas, toalhas para higienizar as mãos e um belo café da manhã. O buffet do café da manhã tinha de tudo e o alguns itens como omelete, ovos e tal eram preparados na hora. Serviço super atencioso e comida muito boa.
Omeletão de shitake, cebola e tomate + chá + iogurte natural caseiro delicioso com frutas (para compartilhar) e trio andino (levo de casa – compro no Carioca Zen)

Outra combinação de café da manhã com iogurte e manga e dessa vez compartilhei o omelete com o esposo.

Depois do café da manhã às 9h, o tempo é livre para fazer o que quiser. Spa, piscina, leitura ou academia no outro hotel da reserva (uns 20 min de distância). Eu optei mesmo por dormir kkk (meu fuso estava doido vindo das Ilhas Maurício com 7h de diferença) e não me arrependi.
Às 13h era servido o almoço num ambiente lindo como vocês podem ver abaixo!


O menu a la carte tinha 2 opções de entradas (salada e sopa), 3 de pratos principais e 2 de sobremesas. Sempre com uma opção saudável como prato principal. Também rolo um daqueles troca troca para deixar o prato mais nutricionalmente equilibrado. Todo sistema de alimentação é incluído na diária. As bebidas são à parte!

Sopa de tomate! Amooo de paixão. Nesse dia repeti a sopa (pode repetir tá rss)

Peixe com legumes era minha opção diária, mas sempre tinha peixe diferente e os temperos dos legumes também mudavam. Então, era sempre saboroso e não ficava repetitivo!

Visita ilustre no almoço com vista maravilhosa. Silêncio gostoso e barulho dos bichos…

Às 16h começava o game da tarde/noite. Antes do game era servido outro lanche do mesmo formato do que rolava às 6h da manhã. Chá, sucos, frutas, bolinhos, salgadinhos e muitos biscoitos amanteigados. Uma atenção especial a fruta por favor.
O rei da selva com fome (como eu rss)
O game terminava às 19h e o jantar era servido a partir das 19:30h. Era o tempo de ir no quarto tomar um banho quente e se arrumar para o jantar. O jantar era no mesmo esquema do almoço dentro do restaurante com cardápio a la carte ou nesse cenário de filme. Um lugar aberto, protegido por galhos para evitar a passagem de animais, luz de velas, fogueira, céu estrelado e muitas risadas com os amigos de Londres que fizemos por lá (amo fazer amizades em viagens – alguns se estendem pela vida toda…). Ao invés de cardápio fixo, foi servido um buffet mais completo com muitas opções de saladas, pratos principais, algumas sobremesas e um belo churrasco feito na hora com vários tipos de carne (normais e exóticas) e frango. Provei duas carnes exóticas, mas fiquei mesmo no frangão delicioso ao molho barbecue.

Um dos locais mais lindo que já jantei. Experiência mágica na savana!

Kapama Private Game Reserve – Kruger Park – África do Sul